quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Pescaria - costão da Joaquina

Olá pessoal!
Mais um dia de pescaria, desta vez fomos ao Morro das Pedras, sul da ilha de Santa Catarina, onde eu e o pai (Zezo) nos encontramos com o Carlos e o Denis que lá já estavam, como não haviam pescado quase nada, decidimos ir todos para o costão da Joaquina (lesta da Ilha de SC)...
Chegamos lá, o mar estava bem agitado por causa da ressaca que chegou à costa, logo, vários surfistas estavam a procura da onda perfeita. Uma Gaivota corajosa ficou em cima de uma pedra descansando e só saia quando passava a onda, mas logo pousava novamente. Olhem o foto abaixo.

Nesta pescaria pescamos algumas espécies de peixes como: Marimbá (Marimbau), Pampo, Papatera (Betara) e algumas corvinas pequenas, também vimos outros animais como: Baleia Franca, Foca, Garças e as Gaivotas voando, uma inclusive ficou trancada na linha do molinete, mas logo se soltou. Seguem abaixo as fotos.
Eu com um Pampinho e um Marimbá.

Pai com 2 Pampos.

A Baleia Franca, imagino que estava com filhote, pois não se expôs.

A Foca, nem se espantou com o surfista. 

As Garças de olho na Foca. 

A Gaivota. 

Carlos, Denis e Zezo. 

O pesqueiro. 

Surfistas.

Obrigado pela visita e até a próxima.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Globo Mar grava imagens no litoral de SC

A equipe do Globo Mar chegou desde ontem, 16/08, ao litoral catarinense para gravar imagens das Baleias Francas. Ontem fizeram cenas em Laguna, hoje partem para Imbituba. As baleias visitam o estado em busca de águas mais quentes para procriar e amamentar.
Foto do Clicrbs
Para ver a matéria completa, clique aqui.
Obrigado e até a próxima.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Pescaria – Praia Brava

Olá pessoal, mais uma pescaria no costão esquerdo da Praia Brava, no norte da ilha de Santa Catarina – aconteceu no dia 13/08/2011. Nesta pescaria estavam além de mim, o Carlos (esquerda), o Denis (lá em cima) e o Zezo (direita), conforme foto abaixo.

Nas fotos abaixo, a Praia Brava e alguns surfistas que estavam esperando a onda perfeita.

Muitos não sabem, mas para chegar até os pesqueiros as vezes é necessário passar alguns obstáculos, na foto abaixo usamos corda para passar por uma grande pedra.

Na foto abaixo a ilha do Arvoredo (esquerda) e a ilha Deserta (direita).

Nesta outra foto, da esquerda para direita, a ilha Moleques do Norte (também conhecida como Molequinhos), Ilha Mata Fome, ilha do Badejo e a ponta do costão direito dos Ingleses.

Um pouco antes do meio dia, peguei uma bela Papaterra ou Betara como é conhecida no sul.

A vara armada esperando o peixe puxar e o visual da Praia Brava.

O Denis ferou três Pampos numa única puxada.

O Zezo (pai), com um belo Pampo.

O Carlos também pegou um Papinho.

O resultado da pescaria do Denis.

O Resultado da pescaria minha e do pai na foto abaixo e tiveram mais três Pampos que foram pegos depois da foto, ao total foram 7 Pampos, 1 Papaterra e 1 Maribá ou Marimbau pequeno ( tá no meio dos Pampos).

Por fim, a gaivota fazendo pose e o Carlos descansando embaixo da folhagem.

Obrigado pela visita e até a próxima.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Pescaria – Praia Brava – 16/07/2011

Olá pessoal, uma vez me falaram que com vento nordeste era bom pesca no costão da Praia Brava, se o vento fosse fraco, eu até concordo,mas neste dia estava forte. Olhem como estava a palmeira ou coqueiro...

Vista da praia e o costão direito ao fundo... 

Vista do costão esquerdo...

Vista da praia do alto da trilha que leva até o pesqueiro, na foto o Zezo (verde) e Gilson (chapel).


Analisando o mar...

Vista do pesqueiro...

Durante quase todo o dia não pegamos nada, foram em apenas uns 15,20 minutos que pescamos o frito para a janta, segue abaixo o resultado da pescaria, alguns Pampos.

Obrigado pela visita e até a próxima!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Pescaria – Ponte Pedro Ivo Campos – 14/07/2011

Olá pessoal. Um pouco atrasado, mas como dizem, antes tarde do que mais tarde ainda. Nesta pescaria fui com o Ivano logo após o trabalho, nobre colega de trabalho e companheiro de pescarias. Neste dia, a água estava muito limpa, é sério, nunca vi tão limpa a água embaixo da ponte e o único peixe que pegamos foi essa cocoroca, que por fim deixamos para outros pescadores que chegaram mais tarde. Tais pescadores, logo que chegaram já avisaram que com água tão limpa não tinha como pescar nada mesmo.

É claro, peixe que é bom não saiu, mas a cerva esteve sempre presente conosco.

Nesta noite a Tainha não parava de pular, mas como se sabe, a mesma não pega no anzol.
Obrigado pela visita e até a próxima.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Festival da Tainha 2011 – Fim do Evento


No último domingo, 31/07/2011, terminou o Festival da Tainha. Foram três dias com apresentações artísticas, exposições, oficinas de artesanato, entre outras atrações. O Boi de Mamão resgatou a cultura catarinense animando quem estava presente. Ao total, 10 mil pessoas estiveram no evento e 8 mil Tainhas foram consumidas.

O Festival foi organizado pelo Instituto Lagoa Social que atende 1400 crianças com projetos na área de esporte e cultura. A renda da bilheteria será toda repassada à reforma do Centro Comunitário da Barra da Lagoa.
Não pude marcar presença no evento. Se você foi, deixe seu comentário.