quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Notícia - Peixe da espécie mero é encontrado morto próximo à Avenida Beira-mar Norte em Florianópolis

Olá pessoal!

É um peixe lindo! Vamos presevar, já está em extinção.

 
 
Um peixe da espécie mero apareceu morto nesta quinta-feira de manhã no mar próximo à Avenida Beira-mar Norte em Florianopólis. O animal marinho, que media 2,5 metros de comprimento e pesava mais de 200 kg, foi encontrado perto da Escuna Sul. Devido ao tamanho, o animal foi retirado do mar pela Companhia de Coleta de Lixo com uma retroescavadeira e será encaminhado para a Polícia Ambiental.

O aparecimento do peixe chamou a atenção de pesquisadores. O animal está em risco de extinção. Uma equipe do Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros do Litoral Sudeste e Sul do Brasil, de Itajaí, foi mobilizada e iria recolher amostras para determinar a causa da morte. Também foram acionados profissionais do Projeto Meros do Brasil, que atua com pesquisa e na conscientização pela preservação da espécie.

Uma das hipóteses para a morte do peixe é a de que um anzol grande tenha perfurado algum órgão. Além disso, a poluição do mar pode ter afetado a saúde do animal. Outra possibilidade é que o mero tenha sido pego por uma rede.

O mero é um peixe que costuma ser encontrado em águas rasas de áreas de coralinas ou rochosas. Vive sozinho e é considerado territorialista. Apesar de ser encontrado na costa do Nordeste do Brasil, tem rota pelo Sul.
Desde setembro de 2007 é proibida a pesca, captura, transporte e comercialização do mero pela portaria 121/2002 do Ibama. Quem for pego infringindo alguma destas regras pode ser multado de R$ 700 a R$ 1 mil ou receber detenção de 1 a 3 anos para pescadores.
 
 
Até a próxima!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Feliz 2013

Olá Pessoal!


Desejo a todos um ano novo repleto de realizações, com muita paz, saúde, felicidades, sucesso e peixes, muitos peixes!

Abraços.

Pesca Litoral

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Pescaria


Olá pessoal!

Consegui uma folga e fui pesca jogar a linha na água pra descontrair um pouco. Neste dia peguei muita chuva, por isso as fotos foram registradas no período que o sol abriu, ou seja, depois de quase três horas de chuva. Bom, resumindo o frito foi garantido, seguem as fotos.




 
 
Obrigado pela visita e até a próxima.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Mergulho no Costão do Pântano do Sul


Olá pessoal!
Depois de meses afastado do blog, estou de volta e apesar de quase não estar pescando, vou tentar mantê-lo atualizado.

Sempre tive vontade de registrar o fundo do mar e para isso, comprei um saco estanque para câmera e fui testá-la.

Dica: encha de ar o saco estanque e coloque embaixo da água pra ver se não sai bolhas (sem a câmera).

Neste dia fui junto com o Alan, não recomendo mergulhar sozinho, é perigoso! Claro que não poderia deixar de levar as iscas artificiais, mas as tentativas foram sem sucesso. Haviam outros pescadores pelo costão com isca morta, mas em uma conversa rápida, falaram que nem os Marimbás queriam as iscas.
A visibilidade não era das melhores ou quem sabe era das piores. No caminho, parada pra registrar as Baleias Franca no Morro das Pedras e logo seguimos para o destino, Pântano do Sul.

Seguem as fotos.
 

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Comprar ou não comprar?

Olá pessoal!

Sei que ando afastado do blog, não é por falta de vontade, mas sim falta de tempo. Assim que possível posto fotos de outras pescarias.
Estou com uma dúvida e quero saber se alguém já possui ou já experimentou. Penso em comprar um caiaque inflável para pescar, devido a praticidade de levar pra onde quiser.

Até o momento, a melhor opção, custo x benefício, é o intex challenger k2. Encontrei o link (aqui) com um relato muito bom que praticamente me convenceu, por causa dele que penso em comprar para 2 pessoas, pois no lugar da segunda pessoa é possível colocar uma caixa para colocar as tralhas, minimizando o risco de furar.
É este:
Ao efetuar várias pesquisas em lojas on-line, encontrei preços variados, a maioria em torno de R$ 400,00. Esta semana encontrei no amazom.com e coçou a mão para comprá-lo, por $76,00 link (aqui)

E aí amigos, alguém já tem um desses ou estão em dúvida como eu?

Abraços e aguardo seus comentários.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Notícia - Sorte de pescador

Olá pessoal!

Só passando rápido para postar essa matéria que encontrei, já penso encontrar um desses por aqui?

"
Um pescador chinês capturou um peixe raro que vale R$ 950 mil!
O
bahaba foi pescado na costa da província de Fujian. Na verdade, o pescador, que não foi identificado, achou o peixe boiando e só teve o trabalho de pegá-lo, de acordo com reportagem do "Sun".
O felizardo disse que vai usar o dinheiro da venda do peixe, ameaçado de extinção, para comprar um barco novo.
Uma porção de bahaba peixe com batatas é servida a cerca de R$ 2.500 em um restaurante.
O peixe é usado também na medicina alternativa no
tratamento de doenças dos pulmões e do coração.
"
Fonte: http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2012/08/21/chines-pesca-peixe-raro-que-vale-950-mil-461386.asp

Abraços e até logo.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Pescaria - Ponte Pedro Ivo Campos

Olá pessoal!

Peço desculpas aos leitores que acompanham o blog, fiquei sem postar devido mudanças na vida pessoal e profissional. Bom, não vim aqui só pra dizer isto, tem peixe na linha!
No último sábado, "matei dois coelhos com uma cajadada só"! Sim, matei a saudade da esposa pois estava viajando e a também a vontade de jogar as linhas na água.

Como o tempo era curto fomos na ponte Pedro Ivo Campos. Ela ficou dentro do carro registrando os momentos, parabéns pelas capturas. Seguem abaixo.

Primeiro uma Cocoroca pequena.


Mais uma vara pra água...


Um peixe Aipim.

Peixe Aipim


No resultado da pescaria foram capturados 2 peixes Aipim e 1 Cocoroca, onde deixe para outro pescador.

Obrigado e até a próxima.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Pescadores recolhem cerca de oito toneladas de tainha em Garopaba

"A pesca foi boa, mas ainda esperamos mais", relatou pescador que participou do arrasto.


A manhã desta quarta-feira foi produtiva para pescadores em Garopaba, no Litoral Sul de Santa Catarina. Com canoas de remo e rede de arrasto, na pescaria feita de forma artesanal na praia do Centro, cerca de oito toneladas de tainha foram recolhidas do mar. É a maior quantidade registrada este ano na região, segundo pescadores.

O dono das embarcações, Pedro Paulo da Silva, conhecido como Paulinho Pescador, comemorou o resultado, mas conta que espera mais.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Pescadores da Barra da Lagoa capturam lanço com duas mil tainhas

A expectativa é que até o final do dia o recorde de 15 mil tainhas seja alcançado.

Cerca de duas mil tainhas foram capturadas na Barra da Lagoa até às 10h30 desta terça-feira. Enquanto o pescador Laurentino trabalhava na praia, a esposa dele, Simone Neves, estava em casa comemorando o melhor resultado do ano até o momento. “Tem muito peixe para ser pescado, mas o mar está com ondas grandes e repuxando. Fica difícil puxar a rede”, explica Simone.

A esposa do pescador está confiante e acredita que até às 19h, os pescadores da região podem pescar o recorde, que foi registrado em 2007 com 15 mil tainhas.

Os peixes servem para alimentar a comunidade. Só há venda de pescado quando há lance acima de cinco mil tainhas.

Fonte: http://www.ndonline.com.br/florianopolis/noticias/29746-pescadores-da-barra-da-lagoa-capturam-lance-com-duas-mil-tainhas.html

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Tainha - Maneiras para preparar

Olá pessoal!

Hoje vou aproveitar a questão do amigo Pedro de Portugal para relatar algumas maneiras de preparar as tão famosas Tainhas. Confira o comentário dele no link no fim desta postagem.
Primeiro quero dizer ao Pedro que aqui no Brasil, especialmente no estado onde moro, Santa Catarina, existe até a temporada da pesca da Tainha, entre o dia 15 de maio e 31 de julho, onde os pescadores artesanais colocam suas canoas (barcos artesanais) no mar com suas grandes redes para cercar os cardumes de Tainhas, na alta temporada chegam a ser milhares de peixes somando várias toneladas em um único cerco.

Então vamos lá, o Pedro já citou em seu comentário algumas maneiras,como fritar em posta com farinha e também a sopa de peixe, acredito eu que seja o nosso conhecido caldo de peixe, lá vai:
Tainha frita em posta

Com farinha - cortar em postas, dois dedos aprox., temperar com sal e limão, se quiser pode colocar pimenta moída que também fica boa, passar na farinha de trigo ou de milho e depois é só fritar;
Sem farinha - cortar em postas, dois dedos aprox., tempera com sal e limão, pimenta moída é opcional, depois é só fritar;

Tainha escalada, grelhada e recheada
Para estas receitas, o peixe é aberto por completo pela frente continuando o corte a partir da barriga ou então é feito um único corte pelas costas do peixe, por onde também será limpo. Será assado na churrasqueira em uma grelha, preferencialmente a de peixe para facilitar na hora de virar e assar ambos os lados (foto abaixo). Outro detalhe, retirar a cabeça é opção de quem prepara, prefiro deixar a cabeça pois tem bastante carne.


Escalada - a partir do corte escolhido, tempere com sal, limão, coloque rodelas de cebola e de tomate, alecrim é opcional, coloque-a inteira na grelha e é só assar. Para mais detalhes da receita e Tainha escalada clique aqui, é uma postagem que fiz há um tempo.
Grelhada - após escalar o peixe e temperar, feche-o e asse inteiro na grelha.

Recheada - esta receita em especial exige que o peixe tenha sido aberto pelas costas, caso contrário terá que ser costurado. Os recheios variam conforme o gosto de cada um, costumo colocar apenas cebola, tomate e pimentão picados, mas é possível incrementar colocando camarão, lula, marisco, entre outros. Coloque o recheio no espaço da barriga do peixe, feche-o e asse inteiro.
Comentários com outras formas de preparar, clique aqui.

Com certeza existem muitas maneiras para preparar a Tainha, assim como temperos variados. Comente sua sugestão.
Obrigado pela visita e até a próxima.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Pescaria - Ponte Hercílio Luz

Olá pessoal!

Passado algum tempo sem ir pescar, fui molhar as linhas e estrear um equipamento novo que adquiri dias atrás (vara e linha multifilamento). Por falta de tempo, o destino foi a Ponte Hercílio Luz.

Fiquei aproximadamente 2 horas sem pegar nada com o anzol grande, as isca serviam apenas para tratar os peixes pequenos e a idéia de ir embora já estava na cabeça quando peguei um pequeno peixe Aipim, soltei-o e pensei, vou diminuir o anzol e ver no que dá. Bom, chega de escrever e vamos aos fatos quer dizer as fotos.

Siri

Cocoroca

Peixe Aipim


Em resumo foram 3 siris pegos e soltos, 11 Cocorocas e 3 peixes Aipim que apesar do tamanho já são grandes pois não crescem muito. Pescaria é assim, quando pensamos que está tudo acabado, o peixe resolve bater e ir pro balde. São pequenos sim, mas juntos renderão um bom frito.
Abraços e até a próxima.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Pesca da Tainha 2012 - Olheiros têm papel importante na captura da tainha

Na Barra da Lagoa, Leste da Ilha de Santa Catarina (Florianópolis), a dupla observa o mar no alto do morro

Clicrbs
Seo Diquinho é pescador, mas há 25 anos não entra no mar. Não empurra o barco, nem cerca o cardume. Também não ajuda a puxar a rede e a contar os peixes. No ritual da pesca da tainha, Seo Diquinho, 67 anos, usa os olhos. São eles que, atentos e experientes, observam o mar e são capazes de identificar as inconfundíveis manchas na imensidão das águas. E quando as vê, a busca se transforma em gritos: "vem vindo tainha aí, minha gente!".

Adir João Lemos, esse é o nome dele, é olheiro. E todo o ritual da pesca da tainha começa com um olheiro. Seu Diquinho se posiciona no alto do Morro da Barra da Lagoa, lá onde a cruz abençoa a comunidade.

Barcos vão pra água após o sinal

E é ao sinal dele que, na praia, os pescadores sabem que chegou a hora de jogar os barcos na água. Seo Diquinho olha tudo lá do alto. Nem sequer participa da "bagunça":

— A gente só fica olhando daqui. Não dá para ir lá. Pode vir mais atrás, né?

Ele só sai de lá para almoçar. Segue a trilha e caminha até o rancho, onde é preparada a comida. Mas não deixa o posto sozinho, nunca. Reveza o tempo de almoço com José Vieira, 63 anos. José também é pescador, mas pela primeira vez está lá, como olheiro. Trabalhou 30 anos em barcos de caça de malha, mas cansou. Agora quer uma vida mais calma, em terra.

Trabalho puxado de todos

O trabalho do olheiro começa cedo. Às 6h, quando ainda é escuro, Seo Diquinho e José já estão lá, a postos. Debaixo do braço trazem casacos, guarda-chuva, lanterna e comida - geralmente pão, bolo e café com leite. Ficam lá o dia inteiro e só vão embora quando voltar a escurecer.

São horas e horas de observação do mar. Seo Diquinho olhando para o Norte, José para o Sul. Peixe não tem destino, por isso. Ficam de olho na mancha que, algumas vezes, é mais avermelhada e, outras, de um amarelão forte.

— A gente vem todos os dias, faça chuva, faça sol, esteja frio, esteja quente. Venho até quando estou com gripão. É a vida de pescador, né? Peixe não avisa quando passa.

Histórias para passar o tempo

Seo Diquinho é daqueles que gostam de contar histórias. Suas preferidas são as de fantasmas e de causos que ele viu ou ouviu há muitos anos. A sorte de Seo Diquinho é de ter um bom ouvinte. Tudo o que ele tem de conversador, seu José tem de quieto.

— Sabe feiticeira? Ela existe. E sabe lobisomen? Também.

Ele é olheiro há 25 anos e já passou pelo Gravatá e pela Galheta. Gosta tanto do que faz que, agora, só trabalha em época de tainha:

— Às vezes elas vêm pulando. É lindo de ver!

Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2012/05/olheiros-tem-papel-importante-na-captura-da-tainha-3762298.html

terça-feira, 15 de maio de 2012

Pesca da Tainha 2012 - Primeiros Lanços

A maior pescaria foi na Praia do Gravatá, no Leste da Ilha de SC.

Clicrbs
A festa dos pescadores no Leste da Ilha de Santa Catarina ao recolher as redes, na manhã desta terça-feira, começou cedo. Por volta das 6h30min pescadores da praia do Gravatá com canoa a remo cercaram um cardume de tainha. Aproximadamente 1,1 mil peixes foram capturados, mas somados a outros dois lanços, o total deve chegar perto de 2 toneladas.

Os pescadores monitoravam desde a tarde de segunda-feira. O mestre Dedé, que pesca desde os sete anos, acredita que isso é um bom sinal para o começo da safra.

— Começamos com o pé direito e agora saímos daqui só quando a safra terminar.

Na pedra, o cozinheiro do barracão preparava o almoço, que é claro, será tainha.

Na Praia do Gravatá, que fica ao Sul da badalada Mole, havia peixe amontoado sobre a areia pelos pescadores e que será vendido até chegar à mesa dos apreciadores da tainha.

Outros dois lanços também pegaram cerca de 500 tainhas em Ingleses e outras 200 na Barra da Lagoa. Juntas, as pescarias rendem quase duas toneladas de pescado em um único dia.


Temporada 2012 da pesca artesanal da Tainha

Olá pessoal!

As pescarias estão fracas, por isso quase não estou atualizando o blog. No entanto, venho informar que hoje, dia 15/05/2012 inicia a temporada de pesca artesanal da Tainha e assim como ano passado, estarei compartilhando com vocês as notícias sobre as capturas deste belo e apetitoso peixe.

Google
Quem sabe este ano consigo presenciar a puxada da rede com as Tainhas e é claro, compartilharei com vocês.

Grande abraço e que venham as Tainhas.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

25° Feira da Esperança - 2012

Olá Pessoal,


Só para informá-los que de 3 a 6 de maio acontecerá a 25° Feira da Esperança. Na feira serão comercializados vários tipos de produção, como pesca eletrônicos, roupas e muito mais. Além disso, várias atrações nacionais estarão presentes, confira no site: http://feiradaesperanca.org/

Pesca Litoral esteve na feira ano passado e para saber como foi clique aqui.

Abraços e até lá.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Peixe dos desejos vira febre entre pescadores croatas


Pescadores croatas também acreditam em gênio da lâmpada e fonte dos desejos.

Os pescadores de uma cidadezinha da Croácia estão ensandecidos atrás de um peixe dourado que, diz a lenda, concede desejos àqueles que o devolvem à água.

Segundo o pescador Vlatko Pecavor, morador de Ozalk, além de tudo, o tal peixe dourado é “gostoso” de ser pescado.

“Ele é lindo, dono de uma bela cor dourada. Já pesquei o peixe sete vezes e sempre um desejo meu se tornou real. Realmente é um peixe mágico”, afirmou.

De acordo com o especialista Mutimir Hrvat, o tal peixe é um tipo de carpa, não muito comum na Croácia.

“Alguém deve ter jogado um exemplar do peixe no rio e, agora, se tornou popular”, especula. (Com Orange News)

Fonte: http://noticias.uol.com.br/tabloide/ultimas-noticias/tabloideanas/2012/04/23/peixe-dos-desejos-vira-febre-entre-pescadores-croatas.htm

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Pescaria - Praia das Cordas

Olá pessoal!

Depois de um tempo sem ir pescar estou de volta para relatar a última pescaria, foi na Praia das Cordas em Gov. Celso Ramos.
Fomos eu, Zezo e Gilson. Inicialmente fotos da praia e do costão com a maré bem baixa.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Bagre gigante é capturado após arrastar barco com três pescadores por quase dois quilômetros

E aí pessoal, que tal ferrar um desses?


Esta não é história de pescador. Tem foto para provar! Foi durante uma pescaria no Rio Pó, no Norte da Itália. Um bagre de 98 kg e 2.30 metros fisgou a isca e começou a nadar, arrastando por quase dois quilômetros o barco em que estavam os alemães Stefan Seuss, Uli Schuppler e Patrick Nimz.

Os pescadores só conseguiram capturar o “monstro” depois de cerca de uma hora de luta, quando, enfim, conseguiram levá-lo para uma região de águas mais rasas do rio. “Foi a luta mais difícil com um peixe que eu já testemunhei”, garante Stefan, sem esconder a sensação de orgulho pela proeza.

“Ele nos arrastou por quase dois quilômetros. Havia pouco o que pudéssemos fazer, a não ser segurar até que ele ficasse cansado. Foi uma briga e tanto”, completou.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Caminhão do Peixe em Itajaí

Olá pessoal.

Segue agenda do Caminhão do Peixe do dia 10/04 a 14/04

10/04 Terça-Feira – Bairro: Fazendinha
Rua: Osni de Melo
Em frente à Subprefeitura – fundos do Ginásio Ivo Silveira.

11/04 Quarta-Feira – Bairro: Costa Cavalcanti
Na Praça Santos Dumont
Em frente à Unidade de Saúde.

12/04 Quinta-Feira – Bairro: Dom Bosco
Rua: José Gall
Pátio da Igreja Católica. Parque Dom Bosco.

13/04 Sexta-Feira – Bairro: Brilhante I
Estrada Geral o Brilhante I
Frente a Unidade de Saúde.

14/04 Sábado – Bairro: Praia Brava
Rodovia Osvaldo Reis no pátio do posto de gasolina 14 Bis.

Fonte: http://www.sindipi.com.br/index2.php?s=noticias&id=2613

Obrigado e até a próxima.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Caminhão do Peixe estará no Centro de Florianópolis

Pessoal, mais uma dica para compra seu pescado para a sexta-feira Santa.


Filé de pescada, gordinho, misturinha, cocoroca e outros pescados serão comercializados a preços que variam de R$ 3,50 a R$ 9,00

O Caminhão Feira do Peixe, realizado pelo Igeof (Instituto de Geração de Oportunidades) da Prefeitura de Florianópolis, vai estar na segunda-feira (2), no Largo da Catedral.

O caminhão é equipado com minipeixaria, câmara fria e câmara para congelamento, balcão frigorífico, e balança de precisão. Nele são comercializados pescados variados a preços populares.

Na segunda-feira, em alusão à quaresma e a tradição dos ctólicos em não comer carne vermelha na sexta-feira santa, o Caminhão do Peixe oferecerá, a partir das 8h, filé de pescada, gordinho, misturinha, cocoroca, entre outros pescados, em valores de variam de R$3,50 a R$ 9,00.

O Caminhão Feira do Peixe é uma parceria entre o Ministério da Pesca, Sindicato das Indústrias de Pesca de Florianópolis e Prefeitura de Florianópolis.

Serviço
O quê: Caminhão Feira do Peixe
Quando: Segunda-feira, 2 de abril, às 8h
Onde: Largo da Catedral - Centro de Florianópolis


Fone: http://ndonline.com.br/florianopolis/noticias/26396-caminhao-do-peixe-estara-no-centro-de-florianopolis-segunda-feira-2.html

quarta-feira, 28 de março de 2012

Caminhão do Peixe - São José

Pessoal, segue cronograma do caminhão do peixe na cidade de São José.


"Até o dia 30 de abril o caminhão do peixe visitará os bairros Kobrasol, Campinas, Procasa, Bela Vista, Areias, Roçado, Serraria, Real Parque e Barreiros, todos em São José. O veículo comercializará pescado de qualidade com preço de custo das 7h30 até as 12h. A previsão é que se comercialize 500kg de produtos diariamente.

Entre os produtos comercializados, estão filé de peixe, isca, casquinha de siri, posta de espada, gordinho, linguado eviscerada, mistura de peixe eviscerada e sardinha. O horário de expediente do Caminhão do Peixe é das 7h30min às 12h.

 projeto - desenvolvido pela Prefeitura de São José e pela Fundação Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável em parceria com a Colônia de Pescadores Z-28 e o Ministério da Pesca e Aquicultura- objetiva incentivar o consumo do pescado.

Confira as datas
12/4 – Pátio da Igreja Santo Antônio, Campinas
13/4 – Em frente ao Colégio Maria Luiza de Melo, Kobrasol
14/4 – Fundação de Esporte, Av. Beira-mar
15/4 – Pátio da Igreja Católica, Procasa
16/4 – Centro de saúde, Bela Vista
18/4 – Colégio Municipal Renascer, bairro Real Parque
19/4 – Ginásio Municipal, Areias
26/4 – Pátio da Igreja Nossa Senhora do Rosário, bairro Roçado
27/4 – Colônia de Pescadores, bairro Serraria
28/4 – Centro Educacional Municipal, Luar
29/4 – Praça de Barreiros – ao lado do 7º batalhão da PM
30/4 – Igreja de Barreiros
"

quarta-feira, 21 de março de 2012

Pescaria - Pontes Hercílio Luz e Pedro Ivo Campos

Olá pessoal.
Mais uma vez estive com amigos pescando nos pilares da Ponte Hercílio Luz, não postei antes pois estava na sequência de postagens sobre a história desta mesma ponte. Confira aqui.

Nesta noite estavam comigo o Ivano e o Mayron, onde sempre que possível nos juntamos para jogar a linha na água e tomar uma gelada. Os peixes demoraram para dar as caras, quer dizer, as puxadas, tava fraco mesmo, nem bagre queria pegar.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Ponte Hercílio Luz – Parte III

Pessoal, segue a última parte sobre a história da Ponte Hercílio Luz, agora com fotos mais atuais que encontrei no micro e também no google. 


Para conferir as outras partes da história, clique abaixo.


Parte I - Histórico por Datas; Projeto, Construção e Inauguração;
Parte II - Dimensões; Características; Importância na época;
Parte III - Interdições; Tombamento; e Curiosidades.

Pesca Litoral - 2003


segunda-feira, 5 de março de 2012

Ponte Hercílio Luz – Parte II

Olá Pessoal.

Esta é a segunda parte sobre a história da Ponte Hercílio Luz.

Para ver os outras postagens sobre a ponte, clique abaixo:

Parte I - Histórico por Datas; Projeto, Construção e Inauguração;
Parte II - Dimensões; Características; Importância na época;
Parte III - Interdições; Tombamento; e Curiosidades.

Obrigado pela visita e até a próxima.

Dimensões

A Ponte Her­cílio Luz tem ex­tensão total de 821,005 me­tros, sendo for­mada pelos vi­a­dutos de acesso do Con­ti­nente, com 222,504 me­tros, da ilha, com 259,080 me­tros, e pelo vão cen­tral pênsil com ex­tensão de 339,471 me­tros, com­posta por 28 vãos no total, 2 torres prin­ci­pais e 12 torres se­cun­dá­rias. A al­tura das torres prin­ci­pais é de 74,210 me­tros. A al­tura do vão pênsil em re­lação ao nível de maré média é de 30,86 me­tros.A carga total nas ca­deias de barras de olhal é de 4.000 to­ne­ladas-força.
Deinfra


sábado, 3 de março de 2012

Ponte Hercílio Luz – Parte I

Olá Pessoal.

Hoje, 03/03/2012, completa um ano deste blog. Com grande orgulho agradeço a participação de todos com suas visitas, sugestões e críticas. Para comemorar esta data resolvi contar um pouco da história da Ponte Hercílio Luz, onde nela muitos de nós já posamos para no mínimo uma foto, além disso, também pesco próximo a seus pilares.

Como o texto que pesquisei é longo, resolvi dividir em três partes, sendo elas:
Parte I - Histórico por Datas;  Projeto, Construção e Inauguração;
Parte II - Dimensões; Características; Importância na época;
Parte III - Interdições; Tombamento; e Curiosidades.

A cada postagem vou disponibilizar algumas fotos encontradas nas fontes, na internet ou que eu mesmo tenha registrado.

Obrigado pela visita e espero que gostem! 

Histórico por Datas

Legenda:
1922 - Início das Obras de construção
1926 a 1982 - Ponte aberta ao Tráfego Total
1982 a 1988 - Período em que a ponte ficou aberta somente para pe­des­tres, bi­ci­cletas, mo­to­ci­cletas e veí­culos de tração animal.
1988 a 1991 - Período em que a ponte ficou aberta ao Tráfego Total
1991 - data atual - Interdição total do tráfego

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Lagosta gigante é pescada nos EUA

Crustáceo tem 12,2 kg e 1 metro de comprimento. Pescado na costa do estado do Maine, ele foi batizado de Rocky.

Foto: Maine State Aquarium/AP

Aimee Hayden-Rodriques, do aquário do estado americano do Maine, posa com lagosta de 12,2 quilos e 1 metro de comprimento. Ela foi pescada por Robert Malone, próximo à cidade de Rockland, em 17 de fevereiro. O crustáceo foi apelidado de Rocky.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Coral invasor é localizado na Ilha do Arvoredo

O coral-sol cresce muito rápido e inibe o crescimento de outras espécies.


O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) com apoio da equipe do Departamento de Ecologia e Zoologia da Universidade Federal de Santa Catarina, alunos de mestrado e da graduação, fez uma excursão para remover aproximadamente 50 colônias do coral-sol na costa da Ilha do Arvoredo, ao norte da Ilha de Santa Catarina. A excursão teve como objetivo impedir que o coral originário do oceano índico e do pacífico se fixe definitivamente na região.

— A remoção de uma espécie invasora só é viável no início. Esse tipo de coral cresce muito rápido e toma o lugar esponjas, algas, que ficam sem espaço para crescer e se desenvolver. Como ele é originário do oceano índico, e lá existem entre 500 e 600 espécies de coral, ele se tornou extremamente competitivo. No Brasil nós temos apenas 20 tipos de coral e apenas um em Santa Catarina — afirma o professor Alberto Lindner, do Departamento de Ecologia e Zoologia da UFSC.

Apesar da remoção ter sido realizada com sucesso nos dias 16 e 17 de fevereiro, novos focos do coral Tubastraea coccinea já foram localizados por mergulhadores e serão investigados e possivelmente removidos.

— Ou a gente toma essa atitude agora ou espera 10, 15 anos e vai lidar com os problemas que surgirem — diz o professor.

O coral-sol é uma espécie animal que foi localizada pela primeira vez na América na década de 50, ao sul dos Estados Unidos. Ele foi se espalhando pela costa e chegou ao Brasil na década de 80, quando foi localizado em plataformas petrolíferas no Rio de Janeiro. Atualmente ele já infestou o litoral do Rio e de São Paulo.


Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2012/02/coral-invasor-e-localizado-na-ilha-do-arvoredo-3673420.html

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Tartaruga cabeçuda de 96 cm é encontrada morta em Jurerê Tradicional, em Florianópolis

Mais uma tartaruga foi encontrada nas areias do Litoral de Santa Catarina. Desta vez o animal já estava morto, e foi enterrado na praia de Jurerê Tradicional, em Florianópolis, por equipes do projeto Tamar, no início da tarde desta quinta-feira. Com 96 cm e aproximadamente 100Kg, a tartaruga adulta da espécie cabeçuda foi a 18ª a ser registrada pelo projeto Tamar no Litoral Catarinense neste ano.

— A tartaruga, que aparentava ser fêmea, devia estar morta há cerca de cinco dias. Por isso, devido ao avançado estado de decomposição, não tivemos como descobrir o motivo da morte, mas as causas mais comuns são redes de pesca, onde os animais ficam presos; colisão com embarcações e doenças pulmonares — explica o coordenador do Projeto Tamar em SC, Gustavo Stahelin.

A tartaruga chamou a atenção de moradores que passavam na praia por conta do seu grande tamanho, além de estar inchada e com sangramento. O animal já estava encalhado desde o fim da tarde de quarta-feira em Jurerê Tradicional, conforme informações repassadas pela Companhia Melhoramentos da Capital (Comcap) — responsável pela coleta de lixo em Florianópolis — ao projeto Tamar.

Espécie Cabeçuda é a segunda mais comum no Estado

Somente neste ano, o projeto Tamar registrou 18 tartarugas — entre vivas e mortas —no Litoral Catarinense. Dessas, três eram da espécie Cabeçuda e 15 eram tartarugas verdes. No entanto, Stahelin garante que o número é ainda maior.

— Com certeza os números são maiores do que os registrados pelo Tamar. No Norte e no Sul do Estado, por exemplo, há mais ocorrências do que na Grande Florianópolis, mas muitas vezes não ficamos sabendo, pois existem outros órgãos que cuidam de tartarugas. Além disso, quando o animal é pequeno e já está morto, muitas vezes os próprios moradores acabam enterrando — afirma Stahelin.

No ano passado, o Projeto Tamar registrou 120 tartarugas nas praias catarinenses, sendo oito cabeçudas, três tartarugas-de-pente e 109 tartarugas verdes.

— A tartaruga verde é a mais comum de ser encontrada porque vive próximo da costa praticamente durante todo o ciclo de vida. Já as cabeçudas, segunda espécie mais comum no Estado, costumam nadar em mar aberto quando são jovens, e só se aproximam da costa na fase adulta.

O que fazer ao encontrar uma tartaruga

Quem encontrar uma tartaruga na praia deve contatar o projeto Tamar pelo número (48) 3236 2015, para que uma equipe vá até o local e avalie a situação do animal.

— Se estiver vivo, podemos cuidar da tartaruga até que ela se recupere e possa ser devolvida ao mar. Se estiver morta também recomendamos procurar o Tamar, pois se o óbito tiver ocorrido há pouco tempo podemos fazer necrópsia e descobrir as causas da morte do animal — explica Stahelin.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Tubarão-elefante é o segundo maior peixe do mundo

O tubarão-elefante é o segundo maior peixe do mundo. Ele pode atingir 10 metros de comprimento. Apesar deste tamanho assustador, ele não apresenta ameaça para os seres humanos e pode até ser domado por eles.
Foto: Greg Skomal
A alimentação do tubarão-elefante consiste basicamente em ovos de peixes, filhotes de peixes e plânctons. O interessante deste peixe é que ele consegue armazenar comida em seu estômago, portanto não precisa procurar alimento incessantemente.

O animal atinge a maturidade entre 2 e 4 anos de idade. O macho e a fêmea se acasalam no verão perto das praias no norte da Europa. A gestação para o nascimento de 1 ou 2 filhotes pode demorar até 3 anos.
Foto: Wiikipédia
O tubarão-elefante pesa em média 5 toneladas, porém um exemplar já foi encontrado no Canadá com até 19 toneladas.
Fonte:  http://www.canalazultv.com.br/redeambiente/novidade.asp?id_CON=567

Passarela da Ponte Pedro Ivo Campos

Olá pessoal!

Passados alguns meses sem pescar da passarela da Ponte Pedro Ivo Campos, que liga a ilha ao continente, na semana passada resolvi dar uma volta e ver se algo havia mudado, afinal em 03/06/2011 o jornal Hora de SC  publicou a matéria “Passarela da Ponte Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, será recuperada”, matéria completa.
Chegando ao local, encontrei várias pessoas pescando, a maioria com Camarão vivo (como manter o camarão vivo), falaram que estava fraco, mas já haviam pescado 2 Corvinas.



As melhorias chegaram! Colocaram uma proteção em cima do parapeito que já existia e a câmera de vigilância também está lá e não lembro de ter visto alteração na rampa de acesso.
Mas a melhor parte é a que o projeto contou até uma cortina de água em dias de chuva (foto abaixo), olhem que lindo!


Está bem melhor que antes em termos de segurança, mas já deixaram algo para abrir um novo projeto de recuperação.
Até a próxima!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Oito orcas são avistadas no litoral de Santa Catarina próximo a Bombinhas e Florianópolis

Operadoras de mergulho que faziam o passeio no Norte de Florianópolis avistaram exemplares do golfinho

Foto: Vanuza Borges / Patadacobra Escola
Pelo menos oito orcas foram avistadas no litoral de Santa Catarina nesta semana entre o litoral de Bombinhas, Norte de Florianópolis e a Ilha do Arvoredo. Os animais, conhecidos popularmente no cinema como "baleias-assassinas", são na verdade da família dos golfinhos e surpreenderam os mergulhadores ao aparecer em uma região de águas quentes.

Confira a matéria completa e fotos aqui.

Sobre as Orcas
Ocorrência: Ocorre em todo o mundo, da linha do Equador às calotas polares.
Peso e comprimento: Fêmeas pesam até sete toneladas. Os machos chegam aos 10 mil quilos quando adultos. Medem entre 8,5 metros e 10 metros.
Características: Costuma viver em cardumes de 3 a 25 animais. Alimenta-se de aves e outros peixes, inclusive baleias, condição que contribui para o estereótipo da espécie no mundo.
Reprodução: gestação de 12 a 16 meses. Filhotes costumam nascer entre outubro e março.

Curiosidade: Costuma viver em grupos sociais estáveis, ao contrário de outras espécies. Filhotes e adultas permanecem unidas por praticamente toda a vida. No caso das baleias-franca, por exemplo, mãe e filhotes ficam juntos por no máximo um ano.
Fonte: Bióloga Karina Groch

Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2012/02/oito-orcas-sao-avistadas-no-litoral-de-santa-catarina-proximo-a-bombinhas-e-florianopolis-3658736.html

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Exemplar de tubarão-baleia com sete toneladas é encontrado no Paquistão

Animal foi achado morto nesta terça-feira próximo à cidade de Karachi.
Curiosos foram até porto para ver peixe com 12 metros de comprimento.


(Foto: Asif Hassan/AFP)
Um exemplar de tubarão-baleia (Rhincodon typu) com 12 metros de comprimento e pesando cerca de sete toneladas foi encontrado por pescadores na região Karachi, no Paquistão. Um guindaste foi utilizado para retirar o animal da água nesta terça-feira (7).

O peixe -- maior espécie conhecida -- foi encontrado morto no Mar da Arábia, próximo ao porto de Karachi. A exposição do corpo atraiu uma multidão de curiosos ao local

A espécie costuma viver em mares quentes e pode chegar a medir até 20 metros e pesar 13 toneladas. Identificado em 1828, o tubarão-baleia se alimenta de plâncton, macro-algas, além de invertebrados e pequenos polvos.
População da cidade de Karachi se aproxima de tubarão-baleia encontrado na região (Foto: Asif Hassan/AFP)
Segundo a União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN, sigla em inglês), este animal é classificado como vulnerável na natureza.

Fonte: http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/02/exemplar-de-tubarao-baleia-com-sete-toneladas-e-encontrado-no-paquistao.html

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

13º Festival Nacional do Camarão

Evento começou nesta quinta-feira em Imbituba e espera receber mais de 50 mil pessoas.


Começou nesta quinta-feira, às 20 horas, em Imbituba o 13º Festival Nacional do Camarão. O evento, que vai até domingo, vai contar com estandes onde restaurantes e estabelecimentos tradicionais da região da Praia do Rosa e de Imbituba vão servir pratos à base de camarão. Além disso, o público vai poder acompanhar os shows de Cláudia Leite, Cidado Negra e Luan Santana.

A indústria e o turismo estarão representados na feira multi-setorial, onde serão apresentadas ideias e iniciativas. Os estandes ficarão abertos nos quatro dias das 19 horas até a meia-noite. Já a praça de alimentação vai funcionar das 19 horas até o término dos shows nacionais na quinta e na sexta, no fim de semana o horário de funcionamento será das 11 às 15 horas e das 19 horas até o fim dos shows.

A organização espera que mais de 50 mil pessoas visitem o Festival nos quatro dias do evento.

No site do Festival você encontrará os valores para os shows, programação e até receitas de camarão.


Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/variedades/noticia/2012/02/13-festival-nacional-do-camarao-tera-shows-de-claudia-leitte-luan-santana-e-cidade-negra-3651472.html