terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Feliz 2015

Olá pessoal!

Mais um ano se completa e um novo se inicia, por isso, desejo a vocês e todos os seus familiares que 2015 seja repleto de paz, alegrias e é claro, muitos peixes!


Agradeço a todos que visitaram/comentaram no blog durante este ano, afinal, vocês são parte dessa história!

Abraços e até a próxima.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Ho Ho Ho Feliz Natal

Olá pessoal!

Hoje, ainda dia 25 de dezembro, Natal!

Desejo a todos um Natal cheio de alegrias, paz, saúde e prosperidade.


Tudo de bom para vocês e seus familiares.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Tratando os peixes

Olá pessoal!

Já que o mar está longe. Aproveitei para tratar os peixes do Jardim Botânico - Curitiba/PR. Pena que existe essa placa na entrada do parque.



Até a próxima.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Peixes encontrados mortos em Laguna e Rio Tubarão em SC

Olá pessoal!
Nem dá pra acreditar, quanto peixe morto.


"Desde o final de semana, peixes mortos começaram a aparecer em Laguna e no Rio Tubarão, no Sul de Santa Catarina. A Polícia Ambiental, junto a professores de Ictiologia, Engenharia de Pesca e Química da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) de Laguna, foram a campo para fazer coletas de material na manhã desta quarta-feira. Um laudo, que deve determinar a causa das mortes, será divulgado até o final desta semana.
— Percorremos o Rio Tubarão e fizemos um patrulhamento no Complexo Lagunar, nas lagoas de Santo AntônioMirim e Imaruí. Em ambas as regiões, visualizamos esses pescados, que são a popular savelha, boiando. Eles estavam agonizando, na busca de oxigênio — informa o cabo Robson Vieira, da Polícia Ambiental."
Vejam matéria completa aqui.
Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2014/12/grande-numero-de-peixes-mortos-aparece-em-laguna-e-no-rio-tubarao-no-sul-do-estado-4665323.html

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Grupos dos Pescadores da Grande Florianópolis

Olá pessoal!

Venho divulgar o grupo dos Pescadores da Grande Florianópolis, criado para divulgarmos nossas pescarias e locais de pesca. Ah, e como não pode faltar quando se fala em pescaria, fazer novas amizades.

Parabéns pela inicitiva Rafael.

Pescadores da Grande Florianópolis

Junte-se ao grupo!

Abraços e até mais.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Pescaria nas pontes e Coqueiros

Olá pessoal!

Depois de algum tempo sem molhar as linhas, consegui uma folga e me reuni com o Lucas pra dar algumas linhadas e jogar conversa fora.

Na real, acho que não vou mais levá-lo junto, os peixes só iam em suas iscas, kkkk. Pescaria é assim mesmo, o importante são as risadas. Grande pescador de Bagre e Baiacu, hehehe



Como só ele fisgava, preferi fazer uma pescaria nas pedras e olha o que encontrei, cinco chumbos.


No início da manhã o tempo estava fechado, por isso, preferimos ficar próximo das pontes para se proteger. No fim, abriu altos sol que exigiu até protetor solar.

Nada de interessante estava fisgando, então fomos para Coqueiros tentar a sorte novamente. E acertamos!







Por fim, foram capturados 11 Canguás. Dois logo após registrarmos a foto acima. Os Bagres, Baiacus e Cobras foram soltos.

Abraços e até a próxima.

sábado, 1 de novembro de 2014

Por presença de toxina, comercialização de ostra fica suspensa em praias de Governador Celso Ramos e Palhoça

Olá pessoal!

Segue abaixo matéria divulgada pelo Hora de Santa Catarina, referente a Ostras contaminadas em Gov. Celso Ramos e Palhoça.

Foto: Petra Mafalda
"Após 15 dias sem aparecer nas análises da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, a toxina diarreica (DSP) foi encontrada nesta sexta-feira nas localidades de Ganchos de Fora, Ganchos do Meio e Calhieros, no município de Governador Celso Ramos, e da Praia do Cedro em Palhoça. Portanto, a retirada, comercialização e consumo de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões cultivados nestas áreas estão suspensas até a redução do índice da toxina. 


Segundo assessoria da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, a liberação das localidades interditadas acontecerá após dois exames laboratoriais consecutivos com laudos negativos quanto a presença da substância. A toxina foi encontrada pela primeira vez no Litoral de Santa Catarina em 22 de agosto deste ano e desde então a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) vêm monitorando e interditando as localidades contaminadas. 

Risco de Intoxicação

A toxina diarreica é produzida por algumas espécies de microalgas que vivem na água, chamadas de Dinophysis, e quando acumuladas por organismos filtradores, como ostras e mexilhões, podem causar um quadro de intoxicação nos consumidores. Uma das explicações para o fenômeno são as condições ambientais favoráveis para a proliferação dessas algas: maior incidência solar, pouca agitação marinha e baixa salinidade da água do mar.

Os exames são realizados pelo Laboratório Oficial de Análise de Resíduos e Contaminantes em Recursos Pesqueiros - LAQUA-Itajaí-IFSC, a partir de amostras colhidas pela Cidasc. Apesar da desinterdição do litoral catarinense, a Cidasc continuará coletando amostras para monitorar a presença da toxina diarreica na água e nos moluscos bivalves.

Fonte: http://horadesantacatarina.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2014/10/por-presenca-de-toxina-comercializacao-de-ostra-fica-suspensa-em-praias-de-governador-celso-ramos-e-palhoca-4633162.html

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Carpa Capim capturada no sítio da família Wiggers

Olá pessoal!

Mais uma baita Carpa capturada pela Wilson em seu sítio. Acompanhado de seu neto Bernardo, que o ajudou. Aproximadamente 11kg e 90cm de comprimento.

Vamos curtir as fotos.








Veja fotos de outras carpas capturadas no sítio aqui.

Até a próxima.

Caiaque transparente permite ver até 22 metros de profundidade no mar

Olá pessoal!

Vejam este caiaque, para aqueles que gostam, imaginem não precisar se esquivar para saber que peixe tem na linha.


"Ele é feito do mesmo material usado em vidros à prova de balas.
Embarcação havaiana tem capacidade para duas pessoas.




Uma empresa do Havaí criou um caiaque que se propõe a deixar os passeios na água ainda mais bonitos. Totalmente transparente, ele tem capacidade para duas pessoas e é especialmente recomendado para passeios em áreas com mar calmo. Ele tem 3,3 metros de comprimento.

O fabricante garante que a embarcação é muito resistente, já que ele feito do mesmo carbonato usado em vidros à prova de balas. Segundo a empresa, o caiaque passou em testes que incluíram choque intenso contra litorais rochosos, golpes de martelo e quedas de seis metros de altura.
Também foram feitos testes de visibilidade na Ilha de Oahu, no Havaí, e ela chega a 22 metros de profundidade em dias ensolarados e com mar calmo.
O preço do caiaque transparente varia de loja para loja, mas gira em torno de U$ 2 mil (aproximadamente R$ 4.800)."

Fonte: http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2014/10/caiaque-transparente-permite-ver-ate-22-metros-de-profundidade-no-mar.html 

sábado, 27 de setembro de 2014

Beira Mar Norte - Florianópolis

Olá pessoal!

Hoje passei pela Beira Mar Norte de Florianópolis e encontrei alguns pescadores no trapiche, um deles é o Adriano, que se dispôs a registrar uma foto com seu belo Burriquete capturado com a tarrafa.


Além dele, fisgou alguns peixes no molinete.


Até a próxima.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Livro de Receitas do Caminhão do Peixe de Itajaí - Grátis

Olá pessoal!

A agenda do caminhão do peixe está atualizada! Além disso, trago a informação sobre o livro de receitas do caminhão do peixe de Itajaí, lançaram a 3º edição. A melhor parte, é de graça! Pena que a ideia ainda não chegou em Florianópolis e São José.


Vejam a matéria completa abaixo.


A Secretaria da Pesca e Aquicultura do Município de Itajaí em parceria com o Ministério da Pesca e Aquicultura, o Sindicato dos Armadores e Indústrias da Pesca de Itajaí e Região (SINDIPI) e as empresas Neto do Mar e Quatro Mares, produziu a terceira edição do Livro de Receitas do Caminhão do Peixe de Itajaí. Neste ano, a publicação aposta nos peixes mais tradicionais e populares da região: sardinha, tainha e a corvina, todos comercializados no Caminhão, um projeto que nasceu em Itajaí e que tem como objetivo levar pescados de qualidade com preços acessíveis a todas as áreas da cidade.

As nove receitas exclusivas apresentadas no Livro foram elaboradas pelos Chef´s Anderson Hansen, Évilin C. Santos Mattos e Pedro Henrique Martins.  Do aperitivo mais popular a pratos dignos de restaurante, as receitas prometem agradar a todos os paladares. Os exemplares estão sendo distribuídos gratuitamente no Caminhão do Peixe e da sede do SINDIPI.

*A agenda semanal do Caminhão do Peixe está disponível nos sites da Secretaria de Pesca e Aquicultura e do SINDIPI.

Abraços e até a próxima.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Agenda Caminhão do Peixe

Olá pessoal!

Agenda do Caminhão do Peixe atualizada.

Abraços e até a próxima.


Festa do Pescador em Balneário Camboriú/SC

Olá pessoal!

No próximo fim de semana acontecerá em Balneário Camboriú/SC, a Festa do Pescador. compareçam!

Segue abaixo publicação feita pela prefeitura da cidade.

"Nos dias 13 e 14 de setembro (sábado e domingo), acontece na Colônia de Pescadores Z7, a 27ª edição da tradicional Festa do Pescador. A comemoração era inserida todos os anos no calendário de Aniversário da Cidade, no mês de julho. Porém, esta edição foi adiada para setembro em virtude da construção da obra do Curtume, espaço que será utilizado para a ocasião.


As festividades terão início às 8h com o arrasto de camarão, realizado pelos pescadores. Ao meio-dia será servido o almoço. No cardápio, além da tainha e frutos do mar diversos, também haverá churrasco. O preço é por prato. A abertura oficial acontece às 17h, com muita música e diversas atrações. Logo após, às 19h, todos os ex-presidentes da Colônia serão homenageados pela Câmara de Vereadores. Cada um dos vereadores fará a entrega das placas aos ex-presidentes.
A escolha da Rainha do Pescador, está prevista para acontecer às 19h30min. Logo após, haverá um baile para animar e integrar todos os que estiverem aproveitando a festa. Paralelo à isso, o Grupo de Artesãos da Barra comercializará seus artesanatos na ocasião, em especial, os confeccionados com couro de peixe.

No domingo, a programação é semelhante. No período da tarde haverá um bingo e as 17h, haverá sorteio e a entrega de cinco prêmios para os ganhadores do arrastão de camarão. Em seguida, está prevista a apresentação do Grupo Terno de Reis. No sábado, a festa se estenderá após a meia-noite. Já no domingo, a previsão de encerramento é por volta das 22h, com mais um animado baile.

O presidente da Colônia de Pescadores Z7, Levi Elias Vicente, pontua a importância da festa para a comunidade em geral. “A Festa do Pescador já é tradicional e é de extrema importância a participação de todos, como forma de prestigiar o trabalho dos pescadores, além de resgatar essa cultura, tradicional em nossa cidade”, destaca. A Colônia de Pescadores Z7 está localizada na Rua José Francisco Vitor, n° 40, Bairro da Barra. A festa está marcada para os dias 13 e 14 de setembro, a partir das 8h. A entrada é gratuita.

Mais informações pelo telefone (47) 3361-8560

Prefeitura de Balneário Camboriú
Secretaria de Desenvolvimento Inclusão Social
Texto e Fotos: Gerusa Florencio (estagiária)
Assessoria de Comunicação: (47) 3267-7022
www.balneariocamboriu.sc.gov.br
"

Fonte: http://www.balneariocamboriu.sc.gov.br/imprensa/noticia.cfm?codigo=13873&home=1

Até mais,

sábado, 6 de setembro de 2014

O que fiz com os peixes da pescaria embarcada - Peixe assado

Olá pessoal!

Depois de capturar tantos peixes na pesca embarcada (aqui), ficou a dúvida! O que aconteceu com eles?

A quantidade total foi dividida entre todos. A minha parte reparti com o Luiz Arthur, lembram dele? Foi o que preparou a Tainha em sua casa a algum tempo (aqui). Depois posto como ele preparou.

Segue abaixo o que fiz com os que fiquei.

Descongelei três peixes, não lembro se eram Pescadas ou Canguás. Cortei no meio, ficando espinhos de um lado e filé do outro. Temperei com sal, pimenta e limão.


Depois disso, em uma forma, forrei com papel alumínio, coloquei os peixes e a ova. Fatiei duas cebolas e parte de um pimentão e coloquei por cima. Fechei com o alumínio e deixei assar por aproximadamente 30 minutos. Neste momento precisei abrir pra tirar um pouco da água que acumulou. Aproveitei e tirei a parte de cima do alumínio, deixei assar por mais 10 minutos para pegar cor. Segue o resultado.





Até a próxima.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Nova página - Agenda caminhão do Peixe

Olá pessoal!

Criei uma página para divulgar as agendas do caminhão do peixe das cidades de Florianópolis, Itajaí e São José. Caso conheçam outras cidades que participam deste projeto, comentem aqui.

Dúvida, críticas e sugestões. Por favor, me avisem.

Obrigado.

Abraços e até a próxima.

Agenda Caminhão do Peixe - Itajaí

Olá pessoal!

Segue agenda do caminhão do peixe da cidade de Itajaí.

04/09  Quinta-Feira – Cordeiros - Rua Odílio Garcia  - No pátio da Igreja São Cristóvão.
05/09 Sexta-Feira – Bairro: Jardim Esperança - Rua: Sebastião Romeu Soares. Frente a Escola Básica Melvin Jones, em frente à Unidade de Saúde.
06/09 Sábado – Bairro: Rio Bonito - Rua: Arquiteto Nilson E. dos Santos - Subprefeitura do São Vicente.

Até a próxima.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Pescaria Embarcada - Continuação

Olá pessoal!

No último sábado fiz uma pescaria embarcada, há anos que não faço esse tipo de pesca e um bom tempo que não pescava com meu pai, quem me ensinou muita coisa do que sei sobre este assunto.

Ainda antes de partir, fiz a postagem informando da pescaria, aqui. A pescaria foi ótima,  muitos peixes e risadas. Nem sempre é assim, houve vezes não pegarmos nada.


Embarcamos na Praia da Armação do Pântano do Sul e fomos em direção a Ilha do Campeche, a ilha que fica em frente a Praia do Campeche. No meio do caminho, uma parada para soltar um espinhel de 60 anzóis na esperança de fisgar algo diferente. Foram boas risada, pois a linha do espinhel se enrolou toda e ficamos bastante tempo tirando os nós.

Fomos em busca de Garoupas, Anchovas e Marimbáus, mas devido a correnteza forte do dia encontramos as Pescadas, os Canguás e muitas Enguias/Muréias.
As vezes fisgava uma, as vezes duas, mas a foto abaixo foi a melhor. Quatro peixes de uma vez!


Tempo depois o balde já estava com alguns peixes.


 Abaixo é o Paulo retirando sua Enguia do Anzól. Não sei como se prepara esse peixe, por isso todos foram soltos. Se alguém souber, comente como deve ser limpo/frito/assado.


A Noite foi chegando e saiu até uns espetinhos, com toda segurança é claro, afinal o barco é de madeira. Junto com a comida algumas pescadas grandes também foram fisgadas.




E aqui o grande pescador, contrariando a tudo o que foi dito, o Alemão conseguiu fisgar um total de dois peixes durante toda a pescaria. hehehe


 Ah! E o espinhel? Bom, a busca por peixes diferente deu certo. Nos 60 anzóis foram fisgadas 5 Abroteas (já valeu a pena) e de 15 a 20 Enguias. Também haviam na linha uma Papaterra e uma Corvina pela metade, fisgaram e algum peixe maior ou vários siris as fizeram de comida.


 Por fim o resultado final.


Até a próxima.

sábado, 23 de agosto de 2014

Pescaria embarcada

Olá pessoal!

Depois de anos estou indo para uma pescaria embarcada. Assim que possível conto como foi.

Venha como foi esta pescaria, aqui.

Até mais. 

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Agenda Caminhão do Peixe - Itajaí

Olá pessoal!

Segue agenda do caminhão do peixe da cidade de Itajaí.

21/08 Quinta-Feira – Votorantim
Rua: Vereador Nestor dos Santos em frente á Igreja Católica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
22/08 Sexta-Feira – Bairro:Vila Operária
Rua: Eugênio Müller – Na Praça 1º de Maio
Na Frente da Igreja Nossa Senhora da Paz.
23/08 Sábado – Bairro: São Judas
Rua: Indaial – no pátio da Igreja São Judas Tadeu.

Abraços e até a próxima.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Pescaria Praia das Cordas - momento de reflexão

Olá pessoal!

Fiz esta pescaria durante a temporada da pesca da Tainha, mas por falta de tempo e um pouco de esquecimento, não havia postado ainda.

Foi na Praia das Cordas, pescaria com vários peixes pequenos e todos soltos é claro. Até um Gafanhoto consegui registrar.
 




Não estou encontrando o vídeo da soltura da pequena Garoupa, assim que achar posto aqui também.
Os pescadores a espera das Tainhas.
 

Neste dia vi algo que não gostei. Pesco a mais de vinte anos neste local e nunca vi tanto lixo nas fendas das pedras. Isto mesmo! Desde pequeno meu pai me ensinou a pular as pedras dos costões.

 
Prá variar, estava cheio de tralhas e não pude trazer nada comigo. Mas a próxima vez que eu pescar neste local, levarei sacos pra recolher pelo menos um pouco do que está lá.

Não culpo ninguém. Pois mesmo eu cuidando, já deixei alguns pedaços de nylon pelo costão.
Apenas peço para refletirem sobre o cenário que me deparei. Vamos cuidar das praias e costões, as futuras gerações merecem viver o que estamos vivendo.

Abraços e até a próxima.